Avançar para o conteúdo principal

Os ditadores do passado estão a ressuscitar

 A história repete-se, é um ciclo vicioso de características intrinsecamente repetitivas. A evolução não é mais do que uma ideia deformada e equivocada do que se pode esperar da bondade e da natureza humana; o homem é um ser de paixões, de conquistas e alternâncias comportamentais. A verdade de hoje é a mentira de amanhã e vice-versa. 

Mas leia-se o que se diz aqui neste artigo para se compreender para onde caminhamos. A tentação ditatorial, a tentativa de controlo efectivo da humanidade, a ideia absurda da procura do paraíso na terra aliada a uma nova concepção do relacionamento Deus/homem é a nova panaceia de uma sociedade mergulhada na mentira e na crença, mais ou menos generalizada, que tudo tende a um estado de perfeição final. Que grande engano aqui vai...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pfizer Director Assaults James O'Keefe & Veritas Staff; Destroys iPad Sh...

Os vídeos que irão de seguida ser apresentados foram censurados e apagados pelo youtube. Mas os mesmos foram novamente subidos e podem lá ser visualizados. Não se sabe até quando, pois a matéria é altamente sensível e não deverá demorar muito até serem novamente eliminados. Portanto, o meu conselho é fazerem cópias dos mesmos e divulgá-los, massivamente. Para toda a gente perceber que tipo de gente está à frente dos destinos do mundo. Basicamente a história destes dois vídeos resume-se do seguinte modo: o indivíduo que aparece no vídeo (o mulato, ai que coisa racista...!) é o número 3 da Pfizer, um dos diretores de um dos departamentos da mesma. Pelos vistos é homossexual e conheceu o jornalista, James O´Keefe, (sem saber que o mesmo era jornalista) para um típico jantar de engate. O jantar decorre e o jornalista infiltrado com uma câmara escondida dentro da camisa começa a fazer perguntas sobre a Pfizer, as vacinas e as novas variantes. O mulato (lá está o racista...!) c

As conexões entre o comunismo e a maçonaria

«Até à revolução russa em França, assim como em outros países e também na Rússia, os franco-mações militavam nos partidos aderentes à 2ª internacional socialista (fundada em 1889, após a dissolução de 1880 da 1ª internacional fundada em Londres em 1864). Numerosos maçons socialistas viram com bons olhos a primeira fase da revolução russa que, com Kerensky, trazia para o poder numerosos irmãos. Uma parte deles aprovaram com entusiasmo a revolução dos sovietes instigada por Lenine e Trotsky. [...] No 2º congresso da 3ª internacional socialista realizada entre 9 de Julho e 7 de Agosto de 1919, em Petrogrado e depois em Moscovo, elaboraram-se as condições exigidas aos partidos socialistas para se transformarem em comunistas. O texto compunha-se de 21 condições para a adesão à 3ª internacional socialista que ficou célebre pelo nome "das 21 condições de Moscovo". [...] a 22ª condição: irmão ou camarada, é preciso escolher. O facto é que a maioria dos maçons ignora

O herdeiro do estalinismo

 O mundo inteiro, ou quase, ficou pasmado com o discurso de Putin no passado dia 9 deste mês. Estamos em presença de um fenómeno perfeitamente identificável com o estalinismo. Um certo fundo filosófico, infelizmente já bem antigo e deformado de forma monstruosa por Estaline, foi novamente resgatado das profundezas do antigo regime soviético. A tradição literária russa fazia, com efeito, do diabo personagem indomável que nunca é mencionado mas que na sombra fornecia a chave para a resolução e compreensão da trama do romance. Gogol, antes da sua conversão, não deixou de interessar pelo tema com o seu indiscutível génio. Dostoievski disse-o de forma magistral, procurando através da via da mentira monstruosa a voz da verdade.     9 de maio em Moscovo, flanqueado pelo seu Estado Maior de múmias brejnevianas Putin justifica o injustificável (tradução da legenda) Quando a mentira se torna desconcertante, não apenas se trata os interlocutores de imbecis e se tenta humilhá-los, como a predispos